São Carlos – dia 1

“Passar som, tocar, carregar a van, dormir, acordar, comer, viajar, passar o som, tocar…” O loop em que vivemos ultimamente foi identificado por Jack, o Percussionista Louco. Depois do show em Araraquara quebramos um pouco a ordem e seguimos direto para São Carlos. Com a energia dionisíaca do Colméia no corpo, a galera ficou curtindo o prato cheio que é a sede do Massa Coletiva: o acervo de vinis do Independência ou Marte e a breja gelada que tinha sobrado do lançamento do Ponto de Cultura do Massa. O resultado foi este aqui:

ensaio Stop Churras

No meio da bagunça toda, Danislau apareceu indignado porque eu havia trocado o “deslizante” do texto dele no post “Tour Elétrica” por “deslisante”. Banzo resumiu a questão: “Não mexa no texto do poeta.” No dia seguinte veio se redimir, dizendo que havia consultado o Aurélio e visto que ambas as formas estavam certas, e que com “s” ficava até mais suave, mais “deslisante”. Mas eu aprendi a lição do mesmo jeito.

A galera que estava em casa já tinha espreitado desde o começo a oportunidade de emergir das águas densas da tour por um par de dias. Os Aeromoças aproveitaram para amenizar o desfalque que estavam dando em seus trabalhos. Melhor que isso, Gustavo do Massa e Nilo aproveitavam para encontrar as namoradas e Edenilson foi matar a saudade do rango da patroa, que é cozinheira.

“A maior cidade pequena do Brasil”, esta é a definição de São Carlos segundo Felipe Altenfelder Silva. A cidade é realmente muito boa, com a tranquilidade do interior mas sem marcas de escassez financeira ou cultural. Um parque industrial forte garante a primeira parte, e um grande número de universitários a segunda. É neste cenário que atua o Massa, o coletivo que recebeu a missão de coordenar os pontos paulistas do Fora do Eixo.

Inicialmente a galera se uniu no desejo de viabilizar sua permanência em São Carlos como atores culturais. Tinham que romper com o ciclo de evasão da cidade que afeta os universitários que se formam e trabalhar para construir seu próprio espaço no câmbito local – missão que já foi cumprida.

Outro elemento embrionário para o coletivo foi o envolvimento de Jovem Palerosi e Felipe com a criação da rádio da Universidade Federal de São Carlos. Ambos já tinham contato com os valores da comunicação livre, da luta das rádios comunitárias, do software livre, e ao lado de outros militantes fundaram um veículo comprometido com a atuação comunitária, a abertura de seus espaços para a comunidade e a tecnologia livre.

Felipe e Jovem já não participam mais da organização da rádio, mas junto com a DJ Yasmim continuam mandando ver no independência ou Marte, um programa dedicado à música independente do “nosso Brasilzão de meu Deus”. O programa toma conta do estúdio da rádio para receber bandas para live sessions, e foi para lá que as bandas se encaminharam naquela segundona – trocaram o palco pelas ondas FM.

Às 22h, a hora do programa ir ao ar, os corredores da rádio se viram cheios como nunca. Além da equipe da rádio, o Porcas com seus sete integrantes, os quatro aeromoças, Gu garantindo o som, a namorada do Nilo, também aluna do curso de Imagem e Som da UFSCAR, fazendo fotos que ficaram mravilhosas, o Tassinho no vídeo e eu conduzindo a webcam pela bagunça toda. Vou deixar que vocês tirem suas próprias conclusões sobre o programa:

Foda, né? Mais uma variante interessante nessa turnê-laboratório, e o resultado é este aí, sensacional: execuções super bacanas de algumas músicas que estão rolando nos shows, o bom humor do pessoal e no fim uma jam que não queria, e não deveria mesmo acabar. Jack na batera é uma pérola, mas isso é um post à parte – olha eu me individando com vocês…

Na sequência, fomos cumprir com um ítem que nào poderia faltar no nosso Guia da Culinária on the road: o x-podrão. Bar do Amaral, pico clássico da boemia universitária sancarlense. Acabaram-se os pães de hambúrguer e o chapeiro passou a usar um pão francês para encapar cada metade de x-tudo que soltava. Adoro esse tipo de turismo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s