Invasão Paraibana | 25 e 26.05 | Dias 8 e 9 | Belo Horizonte

O dia começou na estrada: sete horas de viagem. Sair de Uberaba e chegar em Belo Horizonte parecia uma saga, mas foi vencida por nossa incrível van.

BH é enorme, mas mesmo assim não foi difícil chegar no restaurante onde encontraríamos Lucas (do Coletivo Pegada). Iríamos nos dividir em três casas pra hora de dormir, então nos separamos e cada um foi pra sua casa descansar um pouco e organizar as coisas pra ir pra Obra, local do show.

Almoço

As hospedagens estão dando um espetáculo a parte, nesta tour. Estamos há exatamente uma semana rodando e ainda não fomos mau recebidos uma única vez. Todos os coletivos estão devidamente estruturados para, cada um em sua realidade, prestar o melhor serviço possível pra hospedagem solidária, e os frutos colhidos disso aí são enormes. É muito bom ter tempo pra conversar com os coletivos que estão nos recebendo, nos tornar mais próximos e trocar figurinhas sobre os trabalhos em nossas cidades, além de estreitar laços de amizade e conhecer novas pessoas, lugares e possibilidades.

Eu, particulamente, era louca para conhecer A Obra. Ouço falar nessa casa há muitos anos, e vários amigos já tiveram ótimas histórias sobre ela. Chegamos lá por volta das 20:30, a Nublado e Sex on the Beach passaram o som, tudo ok! E durante esse processo fomos percebendo mais a casa: Fica num sub solo, é literalmente underground. Destaque para as váriass cervejas importadas que tinha no bar, mas infelizmente a falta de dinheiro coletiva nos deixou só na vontade desta vez.

Após a passagem de som, fomos comer um pastel e voltamos pra dar start ao show. Chegamos la e uma surpresa: para uma terça feira, a casa estava com um bom número de pessoas, o que achávamos que não ia rolar. A noite de repente ficou quente e a Sex on the Beach mostrou a que veio. Todo mundo que estava na casa se entusiasmou muito, enquanto isso eu montava uma banquinha pra vender os CD’s das bandas pro publico interessado. Mais uma vez a banquinha fez sucesso! O Sex on the Beach fez mais um show empolgante e certeiro, sendo elogiado várias vezes por todo o publico presente.

Depois era a vez da Nublado. A coisa mais notável pra eles nesta tour é a rápida evolução: a cada show a banda fica ainda mais a vontade e surpreende. Andrei (baixo) achou q foi o melhor da turnê até agora, e realmente foi ótimo. Na saída encontramos um pessoal que disse que queria muito ver o show, mas chegaram tarde. Fica a vontade pra quando voltarmos numa outra vez.

A noite teve um clima especial de comemoração. Ninguém sabia muito bem o motivo, mas fato é que estava todo mundo festejando. Talvez o ótimo clima na estrada e o sucesso dos shows sejam, por si só, motivos para se estar satisfeito com esta uma semana de uma maratona de shows.

Após a Obra ainda fomos todos para “O Tudão”, beber as ultimas cervejas. Dormir veio na sequencia.

26.05

O dia começou já perto do almoço, Lucas nos levou pra almoçar no restaurante popular e de lá seguimos viagem. Hoje é Day off, mas passaremos metade do dia na estrada pra poder chegar em Montes Claros, nossa parada pra dormir e seguir até Vitória da Conquista, nosso próximo show.

Metade da van dormindo, metade vendo a vasta coleção de DVDs de Neco, nosso Motorista.

Teremos mais cinco horas de viagem até Montes Claros.

PS: Estamos postando todas as fotos da tour no Flickr da Tour Fora do Eixo, acompanhem também: http://www.flickr.com/photos/tourforadoeixo/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s