Pós-Congresso FDE e Cremosita

por: Isis Maria “Mineira”

Depois da avalanche de sotaques do COFE e de me sentir mais perto de casa em São Carlos por dois dias, integro a tour Fora do Eixo com o portunhol de Falsos Conejos e o arrastadinho recifense d’A Banda de Joseph Tourton. Mais uma mão pra divulgação, acompanhar, impressões, seguirei com as duas bandas por mais 30 shows, que começaram no Festival Contato, já foram para o Jambolada e entra por mais 7 estados.
Roupas lavadas, pactos feitos, sistematização compartilhada, muitos km nos esperam.
Oxe, nos hablamos!

Show da Cremosita.

Na tarde do primeiro dia, Conejos foram gravar na rádio Ufscar enquanto Tourtons ajeitavam os equipanentos para o show e Raiza organizava a viagem na sede do Massa Coletiva. Estávamos todos muito bem, em casa.
De manhã, após uma breve reunião, eu integrei a equipe, que é na verdade Caio no presencial, fazendo o Tecnoarte e Felipe, Dani, Gabriel na base forte, ajudando com a produção e planejamento da coisa toda, se não, não sai.
Dinamizando e aumentando a produção de conteúdo, optamos por usar o recurso da twitcam sempre que possível e os Tourtons já lançaram mão dela na passagem de som. Audiência de 17 pessoas =)
Á noite, na Cremosita, lar das ATR, numa terceira segundo Matias (que na verdade quer dizer terça) tinha bastante gente. E o frio de 12° não veio, mas Charchar parceiro minero do CdC reclamou bastante do clima. Ainda com Matias, este estava contiente porque no haviam tocado os dois no mismo lugar, esse seria lo 1°.
E quem estava lá gostou, cabeças balançaram muito e a pouca luz verde que iluminava deixou o show muito bonito.
Twitcam rolando, nossa audiênica tava baixa comparada com o dia, mas o presencial compensava bem. As duas da manhana Los Conejos começam a tocar e Leandro estava inquieto, mexendo toda hora no amplificador até encontrar sua dose. E pra deixar mais fuderoso, Malditas Ovelhas fazem uma participação no final do show.
Não contentes com a vibe toda, os meninos fazem uma jam, com trocas de insturmentos e Caio sai da mesa de som pra guitarra, ATR também deixam sua porção ali.
Não sei dizer que horas eram, mas deixamos equipamentos e Tourtons menos Pedro na Cremo e voltamos a sede do Massa pra dormir, não sem antes passar no Dona Júlia (café na esquina da sede) pra comer um paõzinho com manteiga e açúcar e café.
Ainda bem que essa galera tem energia, porque tem muita coisa pela frente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s