Show em Cajazeiras

Chegamos à cidade às 18h30min, Osvaldo já tinha nos instruído a ir direto para o local do show. Já na Art Chopperia, tinha uma galera arrumando o som, mais tarde descobrimos que se tratava da banda Babi Jaques e os Sicilianos. Fomos muito bem recebidos pelo proprietário da casa, Gilson, e por Diego, vice-presidente da Associação Cultural do Rock do Sertão da Paraíba e vocalista da banda Arlequim Rock Band.

Nosso show em Cajazeiras fazia parte da programação oficial do Festival Rock Cordel e nasceu de uma parceria da Associação Cultural do Rock do Sertão da Paraíba com o Banco do Nordeste. Essa parceria expandiu o festival por toda região, várias cidades ligadas a associação entraram no circuito e muita coisa legal tem rolado. Nesta noite 4 bandas se apresentariam, quando voltamos do hotel prontos para o show a primeira banda,vinda do Ceará, já tinha se apresentado, a banda Parabólicos. Pudemos ver o final da apresentação da segunda banda, a Ibis, vinda de Serrana no interior de São Paulo, o som do grupo é muito legal e conta com letras sobre futebol e o pior time do mundo, o Ibis. Logo em seguida veio a Babi Jaques e os Sicilianos, banda que tem circulado bastante desde o final do ano passado, e tem uma apresentação que é um verdadeiro espetáculo além de trazer um rótulo bem novo, o Cabaret Rock, muito legal o figurino e ótimas canções, definitivamente um show que vale a pena ver.

Nosso show começou por volta das 23 horas e, sem dúvida nenhuma, foi o show mais surpreendente até agora – estou mencionando o segundo show, mas já realizamos 4 apresentações. O bar Art Chopperia estava com um público muito bom, praticamente lotado e ávido pela nossa presença (outra surpresa). A maioria do público já conhecia o nosso trabalho e nos acompanham, à distância, desde o lançamento do nosso primeiro álbum “Do palco ao balcão”, de 2001. Bem, começamos o show com “Feira”, a galera extasiou a banda e contagiou o restante do público presente cantando praticamente todas as músicas do show, isso foi emocionante e deu um Up, um gás a mais para este nosso giro. É muito gratificante para uma banda que está em turnê de divulgação chegar numa cidade e ter uma recepção calorosa como esta, encontrar um público formado e que conhece todo nosso repertório, mesmo sem nunca antes termos feito nenhum show na mesma. Acredito ter sido este o motivo para o sucesso da vendagem da banquinha, disponibilizamos dez CD’s que esgotaram quase de imediato e vendemos mais doze, comprados diretamente com a banda. Fica essa dica para a Distro FDE, criar estratégias para que o material das bandas do Circuito cheguem nas cidades antes mesmo que as bandas, pois, percebemos que isso dá um grande suporte e garante o sucesso da circulação.

Terminada a noite, confraternizamos com a produção Rock Cordel, sinalizamos algumas questões referentes à estratégia de ampliação da abrangência da Associação Cultural Rock do Sertão da Paraíba e rumamos para o hotel, afinal, no dia seguinte nossa apresentação seria em Souza e depois Juazeiro do Norte. Baseados no que rolou em Cajazeiras, ficava a certeza de que a terceira noite prometia…

Por Jo Capone

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s