Show em Sousa – PB

A viajem até Sousa foi bastante tranquila, visto que a distancia era apenas 40km de onde estávamos e com estrada muito boa. Chegamos lá por volta do meio dia com as baterias carregadas, e apreensivos com a apresentação pois ao terminá-la teríamos que seguir de imediato para Juazeiro do Norte, que fica à 180Km de Sousa, para a segunda apresentação daquela noite. Para obtermos êxito teríamos que seguir a risca a nossa logística. A cidade é muito tranquila, cerca de 60 mil habitantes, e muito organizada pelo que vimos. Logo que chegamos rumamos para o Centro Cultural BNB, e assim que descemos do carro (lugar mais apertado do mundo!!!) encontramos o pessoal da Íbis e da Babi Jaques e os Sicilianos, que também estavam chegando naquele momento juntamente com o Osvaldo da ACRSPB(Associação Cultural do Rock do Sertão da Paraíba), conhecemos rapidamente a estrutura do Centro Cultural, que é realmente muito boa, e fomos todos almoçar, comida boa e todo o atendimento também. De lá seguimos às 14:00h para o hotel que estava reservado e no nosso aguardo, descansamos um pouco pois a passagem de som ocorreria por volta das 17:00h. Decidimos já ir para a passagem preparados para o show, com o figurino, para evitar, desta maneira, possíveis atraso no início da apresentação e o comprometimento do show de Juazeiro do Norte.

Logo quando chegamos na praça onde ocorreria o show, Osvaldo (que era o coordenador desse evento em Sousa também, fruto da parceria da ACRSP com o BNB) nos avisou que houve uma mudança na programação e só iria iniciar às 20:00h e não mais às 18:00h como havia sido acordado. Ficamos preocupados, mas conseguimos sensibilizar a produção para a nossa situação e exatamente às 19:00h o Clube de Patifes inicia o show. Porém, desta vez para um público diferenciado, eram crianças que brincavam na praça, senhoras e senhores em cadeiras, jovens desfilando… enfim, mas mais uma vez o Sertão da Paraíba foi surpreendente, mesmo sem o público tradicional das nossas noites, fomos maravilhados com aplausos e uma resposta mais que positiva. A banquinha mais uma vez bombou, e até o momento em que saímos Osvaldo informou ter vendido oito CD´s, o que julgamos admirável…

O projeto de colocar artístas independentes nas praças se apresentando nos coretos é muito bacana. Aqui no nordeste toda praça tem seu coreto e é algo que estava sendo abandonado e o CCBNB tem tido uma preocupação com isso e tem tirado as bandas do circuito do Rock Cordel dos palcos tradicionais e disponibilizado uma ótima estrutura para as bandas se apresentarem em praça pública para uma platéia diversa, isso é muito bom. Finalizamos nossa participação às 19h40min e de imediato arrumamos o material no carro e fomos jantar, às 21h15min, nos despedimos de Sousa e do surpreendente Sertão da Paraíba, vamos sentir saudades… E que venha Juazeiro do Norte!

Por Jo Capone

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s